Hub Plural | blog | até quando trabalhar home office vale a pena?

blog

Até quando trabalhar Home Office vale a pena?

Você já se perguntou até quando trabalhar home office vale a pena? Levantamos os prós e contras dessa modalidade de trabalho e ajudamos você a se planejar.

Abrir mão da rotina do escritório para trabalhar em casa é uma realidade crescente para muitos profissionais independentes. É algo cada vez mais comum, afinal, com a ajuda da tecnologia, é possível trabalhar todos os dias de qualquer lugar.

Mas, até que ponto será que o home office vale a pena e é realmente bom para todo mundo?

O fato é que trabalhar home office oferece grandes vantagens como conforto, flexibilidade e tempo de deslocamento zero (pois, não há trajeto), mas também requer altas doses de organização, autodisciplina e foco do profissional.

Neste artigo, decidimos colocar a questão em xeque: até quando trabalhar home office vale a pena? Aqui estão prós e contras (juntamente com soluções) sobre o assunto.

TRABALHAR HOME OFFICE VALE A PENA PARA QUEM?

Não subestime a quantidade de disciplina necessária para trabalhar em casa e permanecer produtivo como em um ambiente de escritório.

Ou seja, trabalhar home office vale a pena para aqueles que são muito auto-disciplinados e procuram equilibrar as responsabilidades pessoais com sua programação diária.

home office vale a pena dependendo da pessoa, pois funciona diferente para cada perfil e situação do profissional que decide adotá-lo.

Uns se adaptam bem, conseguem se organizar, cumprir prazos, ter a liberdade desejada para criar e ainda desfrutar de um tempo livre (aquele que seria gasto no deslocamento até o escritório, por exemplo).

Outros não se adaptam jamais, sentem falta dos colegas, do espaço de um escritório, de trabalhar no horário tradicional (e até da máquina de expresso do corredor).

ALGUNS SINAIS MOSTRAM QUE É HORA DE SAIR DO HOME OFFICE

Enquanto trabalhar em casa pode ser conveniente para alguns, pode ser isolador e distrair outros. E, então, qual é o momento para sair do home office?

Bem, como muitos profissionais adeptos do home office descobriram, sempre há muitas distrações esperando por você em casa.

A seguir, separamos alguns sinais que apontam que já é hora de parar de trabalhar home office:

  • Você está acumulando muitas horas ou excesso de trabalho. Por mais improvável que isso pareça, imagine que são onze da noite e de repente você tem um ataque de pânico sobre o trabalho. É muito fácil entrar em seu escritório em casa e trabalhar até a uma da manhã.
  • Você sente que procrastina desde quando acorda. Como dissemos, é preciso uma quantidade fenomenal de autodisciplina para começar a trabalhar quando você sabe que não precisa estar no escritório às nove da manhã. Em primeiro lugar, sua casa está cheia de distrações. Em segundo lugar, trabalhar em casa significa que ninguém está olhando por cima do seu ombro enquanto você rola pelo seu feed do Instagram, vestindo sua roupa de dormir.
  • Você está com dificuldade de definir objetivos. Se o único fator que faz você optar por trabalhar home office é o “conforto” e você não tem mais objetivos e metas claras, pode ser a hora de sair do home office e também da sua zona de conforto.
  • Você precisa marcar muitas reuniões. Neste caso, trabalhar home office oferece uma complicação adicional quando se trata de planejamento de reuniões. Hospedar um cliente em sua casa pode parecer muito informal e pedir para se encontrar em um café pode parecer pouco profissional. Pode ser mais vantajoso ter um ambiente profissional para reuniões com clientes.
  • Você já não consegue separar a vida pessoal do trabalho. Ao trabalhar em casa, pode ser difícil separar sua vida privada de sua vida profissional. O home office vale a pena porque não exige que você saia de casa, certo? Mas, quando você trabalha em casa, como você sai do trabalho? Isso torna o gerenciamento de tempo muito mais confuso. Não há mais um tempo de “trabalho” e “sem trabalho”. Se você não impor regras, seu trabalho poderá manter você e sua família em um ritmo frenético.
  • Você sente falta do aspecto social. Faz muito tempo que você não vê ninguém? Muitos profissionais que resolveram trabalhar home office apontam o isolamento social como a maior desvantagem de trabalhar em casa, em um ambiente de trabalho confinado (anti-social). Afinal, somos seres sociais, às vezes é muito bom para a saúde mental ter com quem conversar e até trocar ideias de negócios.
  • Você sente a interferência do ambiente doméstico na sua produtividade. home office vale a pena pelo conforto de casa. Mas esse mesmo conforto pode trazer distrações que minam sua produtividade. Cônjuge, filhos e animais de estimação são apenas algumas das coisas que tornam o trabalho em casa uma má ideia para muitas pessoas. Além disso, uma vez que alguém tem acesso fácil ao conforto de casa – a geladeira, a cama e a TV – tornam-se um obstáculo à produtividade.
  • Sua família ou seus amigos não entendem o seu trabalho. Nessa mesma linha, manter um equilíbrio saudável entre vida profissional e pessoal também pode ser complicado, pois pode ser mais difícil desligar e parar de trabalhar no final do dia, ter finais de semana e dedicar o tempo livre para família e amigos.
  • Você é interrompido com muita frequência. O interfone toca. Um cachorro late. Pessoas conversando na sala. Entre membros da família indo e vindo, telefonemas pessoais e música alta do vizinho, às vezes pode ser difícil entrar em uma mentalidade de trabalho. Um escritório fornece um ambiente que é relativamente livre de distrações e inteiramente dedicado ao trabalho e à produtividade.

COMO SE ORGANIZAR PARA SAIR DO HOME OFFICE?

Para quem entrou no mercado como freelancer, profissional liberal ou até contratado fixo que atua remotamente, é preciso colocar os prós e contras na balança para saber até quando o home office vale a pena.

Vários profissionais acabam vendo o seu negócio expandir depois que deixam a informalidade e trocam as suas casas por alternativas que se enquadram nos seus modelos de negócio e orçamento.

Se você ainda tem alguma dúvida, te ajudamos a clarear as suas ideias:

PARA ONDE IR: ESCRITÓRIO, COWORKING?

Um escritório particular fornece um ambiente que é relativamente livre de distrações e inteiramente dedicado ao trabalho e à produtividade. Também oferece um ambiente profissional para reuniões com clientes.

Mas, a principal desvantagem de um escritório particular é o alto custo de alugar e mantê-lo. Além do aluguel, considere outros custos, como serviços públicos, taxas de estacionamento e equipamentos de escritório.

Nesse caso, um espaço de coworking pode ser uma opção muito mais viável. Aqui no Hub Plural, por exemplo, você só precisa trazer o seu computador, que a gente cuida do resto.

Além disso, a maioria das instalações fornecerá equipamentos de escritório, incluindo impressoras, scanners, aparelhos de fax e salas de reunião, que você pode usar para atender clientes atuais e potenciais.

Um dos benefícios mais notáveis ​​de um espaço de coworking é a capacidade de trabalhar em um ambiente profissional de base social. Isso não só ajuda a combater o isolamento que muitos sentem em um escritório em casa, mas também pode ter benefícios criativos, como a capacidade conhecer, colaborar e interagir com outros profissionais.

TRABALHAR HOME OFFICE VALE A PENA ATÉ CERTO PONTO!

Só por que você pode trabalhar em casa nem sempre significa que você deveria. Sejamos honestos, trabalhar em casa foi romantizado. Trabalhar home office é uma questão muito pessoal.

Pode ser uma ótima solução para certas pessoas, mas um desastre para outras. Mas, você precisa se perguntar: “Esse estilo de trabalho se encaixa no seu perfil profissional, você está conseguindo os melhores resultados trabalhando em casa. O home office vale a pena no fim do mês?”

Espaços de coworking são uma alternativa conveniente e acessível para alugar seu próprio escritório. O típico coworking é um espaço de escritório em plano aberto que permite que seus membros trabalhem em um ambiente mais profissional do que seus sofás e quartos.

 

 

veja também: