Como atrair e reter talentos da Geração Z?

blog

Como atrair e reter talentos da Geração Z?

Você já parou para pensar que estamos vivendo um momento inédito no mundo corporativo, com gerações diferentes trabalhando juntas nas empresas mundo afora? 

A Geração Z, de pessoas nascidas entre 1997 e 2012 estão entrando no mercado de trabalho, e convivendo com pessoas da chamada Geração Silenciosa, formada por pessoas que nasceram na década de 1940. 

Criar planos de carreira que motivem diferentes gerações pode ser bastante desafiador, mas sobre isso podemos falar em um futuro artigo. Hoje vamos focar na Geração Z e sobre como atrair e reter esses talentos dentro das empresas.

Atributos como qualidade de vida, flexibilidade e responsabilidade social corporativa são apontados como prioridades da Gen Z em diversos artigos e pesquisas sobre o assunto. 

 

3 dicas para atrair e reter talentos da Geração Z

 

#1 Ofereça flexibilidade

8 horas por dia em um escritório é um modelo incompatível com pessoas que cresceram nas últimas décadas. Acostumadas com muitos estímulos, lidando com um vida multitelas desde muito jovens, a Gen Z precisa de dinamismo e um expediente de 8 horas fixas, 5 vezes por semana pode soar como uma prisão.

 

#2 Entenda o que é sucesso para o seu funcionário da Geração Z

Altos salários, mais qualidade de vida, funções com mais propósito social? O que é sucesso para a pessoa que você está contratando ou para aquela que você gostaria de manter na equipe? Essa métrica é fundamental para que você possa traçar planos para proporcionar satisfação e motivação ao seu funcionário.

 

#3 Escute as necessidades do seu funcionário

Se tornou comum ridicularizar empresas que instalaram mesas de pingue-pongue, videogames e cestas de basquete para os seus funcionários. Há poucos anos elas eram consideradas super descoladas… Mas o que mudou? Os modelos de trabalho nunca foram tão questionados! Então, antes de propor benefícios e atividades, escute os seus funcionários. Assim, as chances de acertar aumentarão bastante.