Influência ou popularidade, o que pesa mais no mundo do trabalho? - Hub Plural

blog

Influência ou popularidade, o que pesa mais no mundo do trabalho?

Influência é uma das palavras da vez. Ela se ressignificou ao longo dos anos e se tornou sinônimo de rentabilidade nas mídias digitais. 

Para você ter uma ideia: uma pesquisa divulgada recentemente pela Nielsen Media Research apontou que o Brasil tem cerca de 500 mil influenciadores digitais, o número é maior que a quantidade de dentistas (374 mil) e engenheiros civis (455 mil).

A quantidade de influenciadores revela o sucesso de uma estratégia de marketing cada vez mais comum: marcas têm criado conexões cada vez mais pessoais com os consumidores através dos influencers

Mas, o que muitos não sabem é que nem todo perfil com milhares de seguidores no Instagram é um perfil que de fato influencia pessoas. E aqui está o pulo do gato sobre a diferença entre influência e popularidade. 

No mundo do trabalho, a popularidade garante um bom networking. Mas se os contatos são fundamentais, mais importante ainda é ser respeitado por eles. É por isso que a influência acaba pesando mais, embora não anule a importância da popularidade. 

 

Influência x Popularidade

Influência se relaciona à autoridade, enquanto a popularidade se relaciona a quantidade de pessoas que te conhecem ou que gostam de você. Você pode ser popular no coworking, mas nem todos que te conhecem serão influenciados por você.

Ou seja, a influência é exercida de acordo com a reputação das pessoas e é por isso mesmo que a influência aumenta quando a sua relevância também aumenta. Para seguir usando o exemplo das mídias digitais: o número de seguidores não determina se um perfil é de fato influente, o que diz isso é o engajamento desse perfil.

O mesmo vale para a vida e para o trabalho: ser popular e se relacionar bem com as pessoas é super importante. Afinal, aquela velha máxima segue valendo: quem não é visto, não é lembrado. Mas você pode ir muito além. Compartilhe com as pessoas, seja no mundo online ou offline, o que te inspira, o seu repertório de conhecimento e o que mais te constitui como uma pessoa diferente de todas as outras. Isso sim vai gerar influência. E influência gera exímios líderes. Mas isso já é papo pra outro post.