Hub Plural | blog | diferenças entre coworking, empresarial e o Hub Plural

blog

Quais as diferenças entre Coworking, Empresarial e o Hub Plural?

A cada segundo que se passa, o mundo se transforma. E com ele, também se transformam nossas relações, nossa maneira de se comunicar, de pensar e, consequentemente, de trabalhar. Com o surgimento e a crescente evolução da internet, o uso de serviços compartilhados tem se tornado cada vez mais comum.

O perfil profissional das novas gerações é totalmente diferente do que tínhamos como padrão há alguns anos atrás, e as empresas estão buscando cada vez mais se adaptar a essa nova realidade. Diante dessa nova ótica, surgiu o coworking, um modelo de trabalho que difere de trabalhar em um empresarial, por exemplo.

Dessa forma, é natural surgir a seguinte dúvida: na prática, qual a diferença entre coworking e empresarial? E onde entra o Hub Plural nessa história?

Por isso, decidimos explicar pra você direitinho o que difere um modelo para os outros. Confira:

Escritório tradicional x Coworking?

Quando colocamos os escritórios tradicionais e o modelo coworking frente a frente, as vantagens da segunda opção ficam muito nítidas. Vamos fazer um breve passeio aqui para te ambientalizar, mas se você quiser um conteúdo mais profundo sobre o assunto, te indicamos esse artigo. O coworking é uma opção muito mais econômica, que proporciona uma enorme redução do custo operacional. Para se ter uma ideia, a montagem de um escritório de 30m² (no modelo coworking), gasta-se algo em torno de 15 mil reais, considerando os custos de aquisição do ambiente, da mobília e dos equipamentos.

Outro ponto que podemos destacar de diferença é o tempo de locação. Nos escritórios tradicionais, geralmente os contratos duram mais tempo. Já os coworkings possuem modelos mais flexíveis nesse quesito, é possível fechar contratos de curto prazo, como de 3 meses a 1 ano, por exemplo.

A infraestrutura também é um ponto que se deve considerar antes de tomar sua decisão. Se você optar por um escritório tradicional, terá que arcar com os custos dos móveis, impressoras, utensílios, eletrodomésticos, etc. Isso, claro, se você já não tiver esses materiais. Caso já tenha, terá que fazer o transporte de tudo. Ao contrário disso, um escritório compartilhado oferece ambientes completos e prontos para te receber. É só chegar e começar a trabalhar.

Outro ponto importante são os serviços gerais. Instalar internet, telefone, lidar com instabilidades do wi-fi e limpeza, são coisas que demandam tempo e podem dar muita dor de cabeço. Nos coworkings, toda essa estrutura também já está pronta, e por possuírem profissionais que administram essas questões, seus funcionários não precisarão se preocupar com isso.

E o Hub Plural?

O Hub Plural surgiu para ser o melhor dos dois mundos, pegando a experiência compartilhada de um coworking, unindo à infraestrutura pensada de um escritório tradicional e uma visão totalmente plural do seu trabalho. Mas, você sabe o que é trabalhar em um ambiente plural? Vamos te contar.

Trabalhar pode ser bem mais plural que apenas trabalhar

A proposta do Hub Plural é tornar o seu trabalho uma extensão da sua própria casa e proporcionar um ambiente que permite que você possa ser você por tempo integral. Por que você precisa esperar fechar a porta do seu escritório para agir da sua maneira? Isso faz sentido? Por que você não pode simplesmente ser feliz o dia inteiro em vez de ter que esperar a hora de largar ou chegar o final de semana?

Por muito tempo, fomos ensinados que trabalhar é uma atividade que tem que nos sugar mesmo, que é natural ser desgastante e deixar a felicidade de lado em prol do sucesso profissional. “Trabalhar é assim mesmo”, dizia-se. Mas será que precisa ser assim mesmo?

Quando você trabalha em um ambiente plural, sua perspectiva sobre o assunto muda totalmente. Você não precisa deixar o seu Eu Pessoal em casa e vestir uma versão sua profissional para ir trabalhar. Em um ambiente plural você pode ser todas suas versões o dia inteiro.

Além disso, você irá vivenciar o seu dia a dia profissional compartilhando momentos e conhecimentos com pessoas de diversas áreas. Nesse contexto, você pode se surpreender com o quão enriquecedor pode ser obter insights de óticas totalmentes diferentes da sua.

Não existe bolha quando se trabalha em um ambiente plural. Profissionais de comunicação trocam figurinhas com escritórios de advocacia, que tiram lições de uma conversa que tiveram enquanto tomavam café com uma startup que está criando um novo app. É um ambiente enriquecedor para negócios de qualquer segmento.

A nossa singularidade só é possível por sermos tão plurais. E limitar essa pluralidade é uma transgressão da nossa existência. E aí, curtiu o conteúdo? Compartilhe com os seus amigos e continue ligado em nosso blog para conferir nossos próximos posts.

 

veja também: