Hub Plural | blog | será que é hora de pivotar seu negócio?

blog

Será que é hora de pivotar seu negócio?

Por mais que você tenha um plano de negócio bem elaborado, ela nunca irá seguir exatamente todas as expectativas que você tem. Não importa se seu planejamento é extenso, se você possui dezenas de planilhas de projeção e uma definição detalhada de persona, pois, infelizmente, quando vamos a campo a história é outra. Treino é treino e jogo é jogo.

 

Diante dessa realidade, não é incomum que, com os feedbacks enviados pelo mercado, precisemos transformar nosso negócio como um todo. Às vezes, para que nossa empresa sobreviva, precisamos redirecionar toda nossa estratégia. E o apelido dado pelo mercado a esse tipo de mudança é “pivotar”. Ele deriva da posição do basquete, pivô, que tem como função girar e mudar a direção do ataque.

 

Até o Instagram já pivotou

Você sabia que o Instagram não surgiu com este formato que conhecemos hoje? O app surgiu de um serviço chamado Burbn, um aplicativo de check-in baseado em localização. Quando seus fundadores notaram que o recurso de compartilhamento de imagens estava se tornando muito popular em relação às outras funcionalidades, a empresa decidiu concentrar toda sua energia em fotos, curtidas e comentários. Dessa maneira, o negócio mudou de nome e se tornou essa empresa gigante que conhecemos hoje.

instagram

E como saber se é hora de pivotar?

Às vezes, um único recurso do seu negócio se destaca bem mais do que todos os outros, assim como aconteceu com o Instagram. Se esse for o caso da sua empresa, você não deve titubear na hora de pelo menos estudar se vale a pena dedicar todos seus esforços neste recurso. O mundo nos dá feedbacks constantemente, nos mostrando para onde devemos seguir e qual a maneira mais inteligente de trabalharmos. E, por vezes, isso pode significar redirecionar todo o seu negócio para uma única funcionalidade existente nele.

 

Além disso, se você não consegue enxergar progresso algum na sua empresa, mesmo depois de ter colocado muito esforço e dinheiro nela, é bom parar e analisar se não vale a pena recalcular sua rota. Faça uma análise imparcial, sem acomodação e sem emoção, e veja quais pontos poderiam estar tendo melhores resultados. Veja o que pode ser cortado, quais pontos estão sobrecarregando seu negócio financeiramente e onde você pode chegar caso tenha a verba do corte desses recursos disponível.

 

Neste momento, é muito importante que você não tenha apego à ideia original e analise friamente porque o mercado não está respondendo bem às suas expectativas iniciais. Talvez seu público não esteja sendo fisgado pela sua mensagem ou talvez eles ainda não estejam dispostos a pagar o que você está cobrando. As possibilidades são muitas.

pivotar

E a concorrência?

Se os seus concorrentes estão dominando o nicho e o mercado que você está inserido está extremamente saturado, com players muito grandes que estão tornando a competição “desleal”, talvez seja melhor você repensar a ideia do seu negócio. Não adianta nadar contra a maré, nesse tipo de situação, o melhor a se fazer é se reposicionar e estudar em quais nichos você pode se destacar.

 

Antes de tudo, acalma esse coração

Essa é uma decisão muito importante para os rumos da sua empresa, por isso precisa ser tomada após muita reflexão e análise. Nunca decida fazer isso no calor da emoção. Pivotar seu negócio dará muito trabalho, pois exigirá o recomeço de muitas coisas. Além do mais, não encare esse momento de transição como um fracasso, mas sim como um aprendizado que fará você e sua empresa crescerem.

 

Após refletir bastante e analisar todas as possibilidades, você irá saber se vale a pena continuar nos modelos atuais ou redirecionar. É importante que você não se esquive nem fique adiando esse momento de reflexão. O sucesso do seu negócio depende disso.

 

Curtiu o conteúdo? Compartilhe com seus amigos e continue acompanhando nosso blog!

 

veja também: