Toda empresa deve ser uma empresa de tecnologia?

blog

Toda empresa deve ser uma empresa de tecnologia?

Uma empresa tecnológica não necessariamente é um negócio especializado em tecnologia. Mas sim uma empresa que se atualiza e usa a tecnologia a seu favor. Isso passa por usar tecnologias para otimizar processos e o bem estar dos funcionários, também impacta o modo como essa empresa se apresenta para os seus públicos e, em última instância, até mesmo pelo modelo de negócio adotado.

Em alguma medida, a necessidade de atualização sempre esteve presente no mundo dos negócios. Mas com a aceleração digital e acontecimentos como a popularização da inteligência artificial, o 5G e a realidade virtual, os negócios passaram a ser impactados com uma velocidade cada vez maior, o que exige um olhar atento e estratégico.

Isso não significa, somente, trocar máquinas, utilizar novos softwares ou implementar tecnologias no espaço de trabalho. Mas encarar a tecnologia de maneira ampla, para além dos usos no dia a dia.

 

Tecnologia como estratégia de mercado

Inserir a tecnologia como uma estratégia de mercado que trabalhe a favor dos negócios exige encarar o trabalho com a tecnologia como uma tarefa constante que exige dedicação e atenção. 

Além de estar bem informado e de integrar as novas tecnologias no dia a dia, encarar a tecnologia como estratégia é estudar sobre as atualizações nos modelos de negócios que aconteceram e que virão por causa das tecnologias.

É importante partir do pressuposto que, assim como as locadoras de filmes, as lojas de filmes e revelação de fotografias, os táxis e até mesmo as livrarias, outros tantos negócios terão o seu modelo transformado. Porque mesmo que, em alguns casos, as novas tecnologias não tornem produtos e serviços extintos, elas têm grande poder de transformar as lógicas e estruturas dos modelos de negócios. 

Então, fica ligado, daqui a 10 ou 20 anos, o seu negócio ainda vai fazer sentido? Ele será transformado? O único modo de se prevenir sobre isso, é adotar a tecnologia como estratégia e incluir essa visão de mercado no dia a dia de gestão, com olhar atento e crítico sobre o seu próprio negócio.