Hub Plural | blog | trabalho híbrido e coworking: dupla que veio para ficar

blog

Trabalho híbrido e coworking: uma dupla que veio para ficar

Enquanto temos visto cada vez mais empresas saindo dos tradicionais escritórios e gerando dor de cabeça para os donos de lajes corporativas, os coworkings têm ficado cada vez mais animados com as tendências de mercado do mundo pós-pandemia. Eles apostam que o trabalho híbrido veio para ficar, afinal para muitos negócios já não faz mais sentido manter escritórios enormes enquanto o trabalho remoto vem ganhando cada vez mais espaço, muito por conta da pandemia de Covid-19.

 

E quando falamos em trabalho remoto, observamos que o modelo que mais tem atraído profissionais é o híbrido, em que os colaboradores alternam entre idas à sede da empresa e às suas casas ou locais terceirizados, como coworkings, durante a semana. E é aí que o diferencial dos coworkings surge: neles, os profissionais conseguem manter a flexibilidade no trabalho com qualidade. Diferentemente do que costuma acontecer em casa, onde temos que nos virar nos 30 para conseguir se concentrar e ser produtivos.

 

Trabalho híbrido e coworking

 

O que os números dizem

 

60% dos trabalhadores brasileiros afirmam que seus empregadores mudaram ou estão prestes a mudar suas funções ou a estrutura da equipe para se adaptar aos novos modelos de trabalho. Isso é o que diz uma pesquisa global realizada pela Accenture. Além disso, ela também mostra que o trabalho híbrido já é uma realidade para muitos colaboradores.

 

E quando o assunto é o que os colaboradores querem, o que os dados dizem? Numa pesquisa com 2 mil profissionais realizada pela JLL, especializada em serviços imobiliários, apenas 10% deles afirmaram querer voltar para o escritório, enquanto 24% preferem trabalhar remotamente e 66% desejam trabalhar de forma híbrida.

 

Um modelo que anima colaboradores e empregadores

 

A flexibilidade oferecida pelos espaços de trabalho compartilhados é um dos principais pontos que animam tanto os colaboradores quanto os empregadores. O Hub Plural, por exemplo, possui planos de horas, estações fixas e offices. Essa variedade de formatos permite que cada empresa e profissional opte pela solução que melhor se adequa a sua realidade. Assim, os donos de empresas podem diminuir suas sedes e seus custos. Já os colaboradores, andam de mãos dadas com flexibilidade e infraestrutura para trabalhar.

 

Flexibilidade oferecida pelo Hub

 

Com uma tendência cada vez maior do trabalho híbrido, a busca por espaços como o nosso tem aumentado gradativamente numa bela velocidade. Isso só confirma que os tempos realmente estão mudando e estamos caminhando para uma nova realidade profissional muito mais desprendida daqueles modelos tradicionais engessados.

 

E você, o que acha desse modelo de trabalho híbrido? Curte? Deixe um comentário abaixo com sua opinião!

 

veja também: